O MAIOR ENCONTRO GLOBAL DE BIOECONOMIA REÚNE REPRESENTANTES DO SETOR PRIVADO E DE UNIVERSIDADES

San José, 14 de outubro de 2020 (IICA). A edição deste ano chegou à região pelas mãos do Ministério da Agricultura, Pecuária e Pesca argentino e do Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA), co-organizadores do evento juntamente com o Consórcio Internacional de Pesquisa em Bioeconomia Aplicada (ICABR por sua sigla em Inglês).

A conferência está dividida em cinco sessões plenárias. O primeiro, intitulado "Políticas de Crescimento Bioeconômico nas Américas após COVID-19", contou com a participação de Federico Torres Carballo, Vice-Ministro do Ministério da Ciência, Tecnologia e Telecomunicações da Costa Rica, Wálter Oyhantcabal e Carolina Balian, da Unidade de Sustentabilidade e Mudanças Climáticas do Ministério da Pecuária, Agricultura e Pesca (MGAP) do Uruguai; Marcelo Eduardo Alos, Secretário de Alimentação, Bioeconomia e Desenvolvimento Regional do Ministério da Agricultura, Pecuária e Pesca da Argentina; Mabel Gisela Torres Torres, Ministra da Ciência, Tecnologia e Inovação da Colômbia; e Bruno Prosdocimi Nunes, Coordenador Geral de Bioeconomia do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação do Brasil.

A segunda sessão plenária, "Mudanças Climáticas, Meio Ambiente e Bioeconomia pós COVID-19", tem como palestrantes Gabriel Blanco, Professor do Unicen da Argentina, e coautor do Grupo de Trabalho III do 5º e 6º Relatório de Avaliação do IPCC; Hans van Meijl, Economista do Centro de Pesquisa Econômica de Wageningen, Professor de Avaliação Macroeconômica da Bioeconomia Circular na Universidade de Wageningen, Holanda; Anthony Artuso, , Acadêmico do Centro  de Estudos em Política Econômica, Center for University of Virginia; e Maria Michela Morese, Secretária Executiva, Associação Global para a Bioenergia (GBEP), Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO).

Candice Wilson, Gerente, Política de Comércio de Etanol, EUA Grains Council; Suani Teixeira Coelho, Coordenadora, Grupo de Pesquisa em Bioenergia (GBIO), IEE USP; Luis Zubizarreta, presidente da Câmara Argentina de Biocombustíveis (CARBIO); e Patrick Adam, Diretor Executivo da Camara de Bioetanol de Milho, Argentina, foram os palestrantes da III sessão plenária: “O papel da Bioenergia pós COVID-19”.

A IV plenária, “Novos insumos biológicos: experiências em gestão e desenvolvimento de bioinsumos”, contou com a intervenção de German Ceizel Borella, Coordenador do Comitê Assessor em Bioinsumos para Uso Agrícola (CABUA), Argentina; Roberto Rapela, Presidente do Centro Acadêmico de Ciências Biológicas da CABIO; Ricardo Yapur, Presidente da Rizobacter e Fabiola Moreno Martínez, Coordenadora do Registro de Bioinsumos para Uso Agrícola do Instituto Colombiano Agropecuário - ICA.

A conferência termina com a sessão plenária "Bioeconomia para a recuperação econômica pós-COVID-19", cujos palestrantes são David Zilberman, Professor da Universidade da Califórnia, Berkeley; Ariel Coremberg, Diretor do Centro de Estudos de Produtividade e Professor da Universidade de Buenos Aires, Argentina; Eduardo Trigo, Consultor do Departamento de Bioeconomia do IICA, Professor do Centro de Agroindústria da Universidade Austral, Argentina; Roberto Bisang, Professor da Universidade de Buenos Aires, Argentina; Rubén Echeverría, Diretor Geral Emérito, Alliance of Bioversity International e CIAT; e Máximo Torero, Economista, Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO).

Participam também Hugo Chavarría, Gerente do Programa de Bioeconomia e Desenvolvimento Produtivo do IICA, Agustín Torroba, Especialista Internacional em Biocombustíveis do IICA, e Kelly Witkowsky, Gerente do Programa de Mudanças Climáticas e Recursos Naturais do Instituto.

 

Mais informação:

Gestão da Comunicação Institucional

comunicacion.institucional@iica.int